fabioporchat@gmail.com

Presidente

Fabio Porchat

Nascido em São Paulo (SP) aos 10/07/1952

Escolaridade:

Nível Universitário:   Escola Superior de Cinema da Faculdade de Administração São Luiz. Em 1974 se forma como crítico cinematográfico e professor de História do Cinema.

 

Atualmente

Presidente Executivo da Academia Latino-Americana de Arte.

Presidente Executivo da Associação Paulista de Arte e Cultura Brasileiras.

Conselheiro da Associação dos Parlamentares de São Paulo.

Presidente do Conselho Superior da Academia Brasileira de Arte

 

Coordenador de Artes Plásticas.

Curador e Organizador de exposições de arte em inúmeras cidades de diversos estados brasileiros e em vários países da América do Sul, América do Norte e Europa.

Presidente e Membro de Júri de Artes Plásticas em diversos eventos culturais no Brasil e no exterior.

Responsável da reforma do Museu da Casa Brasileira (Lei Rouanet)

Responsável pelo Projeto da Restauração da Casa da Fazenda do Morumbi (Lei Rouanet)

Curador da Casa da Fazenda do Morumbi

Curador da exposição Fulvio Pennacchi, na FAAP Fundação Armando Álvares Penteado

Curador do Espaço Cultural da Fundação Bienal de São Paulo, inaugurando-o com a exposição da artista Alicia Rossi

Curador da exposição do artista plástico Nino Ferraz, Cotia-SP

Curador da exposição do artista plástico Ferenc Kiss no espaço cultural Birmann - SP e no espaço cultural do BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - RJ

Curador e organizador da exposição tri-nacional: Arte e Cultura em Alto Mar (Brasil - Argentina - Uruguai) no Transatlântico Costa Classica

 

Atividades Políticas

Deputado Estadual: 1º Secretário da Assemblea Presidente da Comissão de Educação e Cultura

Diretor da Paulistur (atualmente SPTUR) - SP

Diretor do Centro Cultural São Paulo Outros

 

Outras Produções Culturais e Premiações Nacionais e Internacionais

Após diversos curtas metragens, realiza Geração Traída, Medalha de Ouro no Festival Internacional de Curta Metragem, Londres

Ator do filme Viagem ao Fim do Mundo, premiado no Festival Internacional de Locarno com o Troféu Leopardo de Prata

Diretor do curta metragem Fulvio Pennacchi- Medalha de Ouro do Festival Internacional de Guadalajara de filmes de Arte

Prêmio Governador do Estado de São Paulo de Roteiro Cinematográfico, Canção Desesperada

Prêmio Governador do Estado de São Paulo de Roteiro Cinematográfico, De um Crime de Amor .

Documentário Descobrindo Alicia, sobre a artista plástica Alicia Rossi

Documentário de longa metragem sobre a 25ª Bienal de São Paulo, de 2.002

Documentário de Longa Metragem sobre a 9ª Bienal Internacional de Arquitetura de Buenos Ayres

Produtor e Diretor de diversos curtas culturais: Cores Brasileiras, O Semeador, Última Trincheira, Guilherme de Almeida, etc.

Produtor do longa Chapéu de Couro, com Luiz Gonzaga

Co-produtor e co-diretor do longa Uma Nega Chamada Tereza, com Jorge Ben Jor

Outros documentários sobre artistas plásticos

No ano de 2015 é escolhido o Empresário Cultural do Ano e recebe a outorga em solenidade no Palácio Pedro Ernesto (Rio), prêmio outorgado pelo Instituto Cultural Juscelino Kubitschek, de Brasília

 

Escritor

Contos: Tratado Geral das Bonecas- Ilustrado por Zélio Pinto Alves

Romance: Paraíso de Hades - Editora Record / Capa e Diagramação de Massao Ohno

Poesia: Dos Erros e das Verdades Prêmio Governador do Estado de São Paulo

Roteiros Cinematográficos: Canção Desesperada De Um Crime de Amor (ambos premiados em primeiro e segundo lugar no Prêmio Governador do Estado de São Paulo). É o único escritor brasileiro a ganhar esse prêmio em duas modalidades: Poesia e Roteiro Cinematográfico

Crítica de Arte: Fulvio Pennacchi Francisco Rebollo

Política: publica seus pronunciamentos na Assembléia Legislativa

 

Atividades Acadêmicas

1º Presidente do Centro Acadêmico Humberto Mauro, da Escola Superior de Cinema da Faculdade São Luiz

Diretor do Centro Acadêmico João Mendes Jr., da Faculdade de Direito Mackenzie

Diretor do Diretório Central de Estudantes da Universidade Mackenzie

 

Exposições de Artes Plásticas (curador e realizador) que já se tornaram tradição no calendário cultural brasileiro:

11 Exposições Nacionais de Artes Plásticas no Forte de Copacabana (em anos consecutivos) – RJ

1 Exposição Nacional de Artes Plásticas no Hotel Softel – RJ

5 Exposições Nacionais de Artes Plásticas no Memorial da América Latina – SP

8 Exposições Nacionais de Artes Plásticas no Espaço Cultual do Jockey Club de São Paulo – SP

2 Exposições Nacionais de Artes Plásticas no Espaço Cultural do Yatch Club de Santos - SP

 

Exposições Internacionais (curador e realizador):

14 Exposições Internacionais de Artes Plásticas em Punta Del Este - Uruguay

Exposições no Chile e na Argentina.